agora que eu tenho netflix

falando

Eu nunca fui uma pessoa muito ligada às tecnologias. No começo, era por não ter condição mesmo, aí fui me acostumando e hoje é indiferente. Eu também nunca tive tv a cabo, nem tenho até hoje, o meu contato com programas de tv fechada se dá em visitas a minha madrinha ou quando passo o dia na casa do namorado. Fora isso, minha educação televisiva foi toda da tv aberta – pode perguntar qualquer coisa sobre programas de auditório e novelas que eu vou saber responder, com certeza. Também não tinha dinheiro pra comprar cd, nem original nem pirata, logo, só ouvia rádio e aprendi a gravar as musicas que gostava na fita k7. Quando ganhei um computador, só tinha acesso a internet discada, então, minha diversão era ter blogs. E eu tive internet ruim por muito tempo, foi esse ano que ela foi melhorar de verdade, o suficiente para baixar um filme em menos de uma hora.

Aliás, por essa falta de contato com canais fechados, minha inexperiência em baixar da internet e minha falta de paciência de baixar da internet, eu nunca tive contato com séries. Sim, sou uma noob quando o assunto é seriado. O mais próximo que cheguei é ver CSI Las Vegas na Record nas sextas à noite quando meu pai não me mandava dormir antes. Mas, em compensação, sobre novelas… senta aí que vamos conversar por horas. E eu estava vivendo bem assim até que eu descobri a netflix do meu primo logado na smart tv do meu pai (ele realizou o sonho de ter uma tv no quarto esse ano, mas, só tenho acesso a ela em horários reduzidos, ou seja, quase nunca) e pensei: “uau! posso ver todas as séries e na tv! (!!!)”, sim, porque eu gosto de assistir coisas na televisão e não no computador.

E aí que eu viciei. E o namorado viciou também.

Mas ele assinou a netflix e eu ganhei a senha – o que não muda muito porque assistimos juntos e na televisão.

E agora eu posso assistir qualquer série que tem lá e ficar por dentro de tudo como uma pessoa normal, finalmente – menos Game of Thrones porque não tem na netflix  (até hoje não sei  porque cargas d´água as pessoas não gostam de novela).

Enfim, agora somos pessoas antenadas.

E aí que a gente foi num churrasco e as pessoas só sabiam falar mal de outras pessoas não presentes. O mesmo assunto foi se repetindo em looping até eu não aguentar mais e ir embora.

E aí que a gente foi fazer uma visita para minha madrinha, mas, as pessoas só sabiam falar mal de outras pessoas.

Poxa vida, a Beyoncé lançou álbum novo, a Ariana Grande também, uma propaganda polêmica ganhou um leão em Cannes, agora eu tenho netflix e estou antenada em tudo isso e as pessoas só querem falar mal dos outros! Em pleno 2016 e o assunto da roda é falar mal de quem não está nem presente! (!!!)

E aí, que namorado e eu decidimos que é mais saudável ficar assistindo a séries do que socializar dessa forma.

Justo agora que temos muito o que compartilhar.

Então, por favor, falem menos mal das pessoas e falem mais sobre o que vocês assistem, leem, vivem. Até porque o problema das pessoas é somente dessas pessoas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s